Como Estudar Raciocínio Lógico para Concursos

estudar raciocínio lógico para concurso

Muitas pessoas que se preparam para concursos têm sérios problemas para estudar raciocínio lógico matemático (RLM) e esse pânico muitas vezes está enraizado nas dificuldades da infância no aprendizado da matemática.

Assim como a matemática dos tempos da escola, raciocínio lógico pode ser aprendido por qualquer pessoa, desde que exista dedicação e paciência e assim como quando somos alfabetizados, temos que começar pelo mais simples para desenvolvimento do conhecimento aos poucos e de forma consolidada.

Existem alguns erros principais que são comumente cometidos por iniciantes na área:

1. Ser negativo: É fundamental manter uma postura tranquila e positiva de que é um processo lento, mas que o aprendizado é possível sim e que irá aprender com os erros;

2. Não fazer exercícios: De nada adianta estudar a teoria e não aplicar em exercícios semelhantes ao que o professor passou, pois o conhecimento não se solidifica;

3. Deixar de revisar: A curva do esquecimento atua também aqui e até para quem domina a disciplina, é necessário revisões periódicas.

 

material de estudo

Dicas para melhorar no raciocínio lógico

Algumas dicas para você que tem dificuldade ou é iniciante no aprendizado de RLM que poderão ser muito úteis para que se organize:

1. Assistir a aulas teóricas de forma presencial ou em vídeo e observar atentamente a correção de exercícios e exemplos, entendendo-a e fazendo suas anotações do passo a passo;

2. Armazene os exemplos em um caderno, seja físico ou digital com o respectivo modo de resolução para consultas futuras;

3. Refaça os exemplos ou exercícios resolvidos sozinho em dias diferentes para memorização de longo prazo;

4. Faça questões similares aquelas que já aprendeu como desenvolver a resolução dos temas já estudados;

5. Tenha um caderno de erros, em que anotará questões em que teve maior dificuldade para desenvolver a resposta e retorne as mesmas mais de uma vez com o passar dos dias;

6. Faça uma imersão na disciplina, ou seja, foque mais tempo em RLM durante seu ciclo de estudos, por exemplo durante dois meses estudar três vezes na semana por pelo menos uma hora, especialmente para os que tem dificuldade;

7. Analisar o perfil do seu concurso e da banca que realizará sua prova para avaliar o que é mais comumente cobrado nos certames que irá participar efetivamente;

8. Anote as regras e pequenas fórmulas mais comumente utilizadas na resolução dos exercícios para que possa visualizar com frequência e consultar quando tiver dúvidas;

9. Estude matemática básica, especialmente se tiver dificuldade, afinal não basta desenvolver um raciocínio complexo e errar nas operações mais simples; lembre-se que algumas provas poderão cobrar familiaridade com formas geométricas por exemplo, tanto para área quanto para volumes;

10. Invista em bons materiais, pois a matéria é complexa e sem assistir aulas com explicações, dificilmente irá entender somente lendo o conteúdo; dê preferência a materiais que contenham exemplos variados com explicações de resolução de questões; tenha em mente que o melhor curso para você é aquele que tenha foco em bancas com as quais irá efetivamente resolver provas, assim não irá perder muito tempo com assuntos que não são cobrados;

11. Execute revisões periódicas da disciplina, especialmente com exercícios de variados formatos que já tenha estudado e focando mais naqueles em que teve maior dificuldade; lembre-se que a memória de longo prazo será mais bem consolidada toda vez que revisar;

12. Tenha um caderno de anotações, RLM exige uma aprendizagem em formato ativo, em que reescreva com suas palavras a execução de alguns exemplos (seu passo a passo de resolução do exercício) e onde possa rascunhar e anotar pontos e questões que precisem ser revisadas;

13. Nunca comece a tentar entender lógica por exercícios, pois além de ter dificuldade você pode gerar ansiedade e mais dificuldade no aprendizado, comece por aulas e exemplos;

14. Sempre que for ler um novo exercício sublinhe e transcreva os pontos chave, isso facilitará sua resolução;

15. Esteja atento ao tempo que costuma levar para a resolução de questões, o ideal é que depois que já tiver um certo conhecimento, você não exceda dez minutos por exercício, afinal o tempo de prova é limitado;

16. Tenha atenção e foco nos momentos de estudo, não é possível estudar lógica e olhar uma rede social ao mesmo tempo, então se desligue de distrações;

17. Comece a resolver exercícios de nível fácil quando for iniciante e depois gradativamente vá elevando o grau de dificuldade;

18. Pulverize a resolução de exercícios em diferentes dias durante sua rotina, por exemplo: é melhor você estudar cinco questões por dia do que trinta e cinco em um único dia da semana;

19. O aprendizado deve ser comemorado, então celebre a cada vez que acertar um exercício, isso lhe será muito útil;

 

O aprendizado adquirido será seu e o levará para a vida profissional, muito além da aprovação!

 

 

Outros…

Como estudar legislação para certames ⇗

Porque e como acabar com a procrastinação ⇗

Apostilas concursos de Brasília ⇗